26 de fevereiro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
6/04/13 às 15h52 - Atualizado em 13/11/18 às 8h41

Sem Drogas é bem melhor viver aqui

COMPARTILHAR

 

Ontem à noite (04/05), na Praça da quadra 06 do Cruzeiro Velho, a Administração Regional, com o apoio da Polícia Militar, da 3ª Delegacia de Polícia, do Conselho Comunitário de Segurança, Escolas Públicas, Postos de Saúde, Igrejas e Entidades representativas da cidade, lançou a campanha “Sem Drogas é bem melhor viver aqui.”.

               Nessa noite importante para a sociedade cruzeirense, o Administrador do Cruzeiro Antonio Sabino, antes de oficializar a campanha, convidou para compor a mesa o Comandante do 7º BPM Tenente Coronel Luciano Teixeira, o Delegado Chefe da 3ª DP Rodrigo Larizzatti, o Presidente do CONSEG Tiago Mendes e o Delegado Mário Henrique. Diante de Autoridades, Lideranças e muitos moradores, nosso Administrador Sabino lançou a campanha em foco e antes de abrir a palavra aos mesários, explicou da necessidade da participação de todos nesta cruzada contra as drogas, principalmente da família que mais sofre. A questão das drogas é muito séria; ceifa a paz, a esperança e o futuro de nossos jovens.

                Depois que os presentes à mesa fizeram suas explanações, alguns moradores participaram ativamente do debate, outros tiraram dúvidas, deram sugestões e agradeceram a iniciativa da Administração Regional.

                 O Delegado Chefe da 3ª DP, Dr. Rodrigo, animado com a campanha se expressou assim: “O uso de drogas em áreas públicas é o que mais incomoda os moradores, e, o mínimo que podemos exigir é que eles não façam uso à luz do dia, ou na frente de pessoas de bem. Caso eles insistam em praticar esse ato, que é um ato ilícito, terá que fazer de forma clandestina, porque se a polícia perceber, eles serão levados a delegacia.”.

                  O Comandante do 7º BPM Luciano, também feliz com a campanha, esclareceu: “Com a intensificação de policiamento, vamos ocupar todas as praças e vamos proceder a abordagem, com uma ação repressiva; então iremos começar o trabalho de conscientização da comunidade cruzeirense.”.                                 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros