29 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
23/02/23 às 16h09 - Atualizado em 23/02/23 às 16h09

Quintal Carnavalesco diverte gente de todas as idades no Cruzeiro

COMPARTILHAR

O bloco Quintal Carnavalesco reuniu pessoas de todas as idades no primeiro dia de evento, realizado no estacionamento da Feira Permanente do Cruzeiro, neste sábado (18). Crianças, adultos e idosos se divertiram ao som de samba e pagode. Com apoio da administração regional e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec-DF), a folia recebeu aporte de R$ 140 mil de emendas parlamentares.

A trilha sonora ficou por conta do Grupo G4, BSB Sound Machine, Grupo Os Criollos, Grupo Raça Popular, além das marchinhas de blocos tradicionais da cidade. A folia continua neste domingo (19), a partir das 9h, com o Baile do Gaviãozinho, Bloco da Mulher Bonita, BSB Sound Machine, entre outras atrações.

A folia continua a partir das 9h deste domingo (19). Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

A diarista Nany Fernandes, 42 anos, e o mecânico Roberto Gomes, 39, levaram a pequena Maria Fernanda para curtir o bailinho carnavalesco. Aos cinco anos, a menina nunca tinha aproveitado a folia momo.

“Estávamos procurando um bloquinho que fosse sossegado para trazer as crianças e acertamos em cheio, a Maria se divertiu muito e nós também”, celebra Nany. A família mora na Candangolândia e foi ao evento acompanhada de amigos.

Quem também aproveitou a tarde deste sábado foi a aposentada Tereza Duarte, 63. “Moro no Cruzeiro há mais de 40 anos e uma coisa é certa: sempre fui nos blocos com a minha família. Agora, vim com os netos, para brincarem com a gente”, conta.

O bloco foi organizado pelo Grêmio Recreativo Carnavalesco Cacique do Cruzeiro. “É a primeira vez que saímos com esse bloco, criado com o objetivo de reunir os blocos do Cruzeiro que não saiam há muito tempo para resgatar o Carnaval de rua da cidade”, revela o presidente da organização sem fins lucrativos, Pedro Paulo Gonzalez.

O casal Nany Fernandes e Roberto Gomes saiu de Candangolândia em busca de um local para a filha Maria, de cinco anos, se divertir: acertamos em cheio, comemorou a diarista

“O Cruzeiro é uma cidade tradicional quando o assunto é Carnaval. É a época do ano mais aguardada por todos”, afirma o administrador regional, Gustavo Aires. “E como não teve nesses últimos dois anos, por conta da pandemia, a expectativa está boa quanto ao aumento das vendas no comércio local, pela movimentação de pessoas da cidade e de outras, que vêm para curtir a folia”, completa.

É o caso do pipoqueiro William Fontoura, 23. “Consegui fazer boas vendas e acho que vai ser melhor ainda no domingo”, conta ele. A ambulante Andreia Costa, 48, também gostou. “O ambiente tranquilo faz com que a gente se divirta trabalhando”, diz ela.

Fotos: Joel Rodrigues/ Agência Brasília
O pipoqueiro William Fontoura fez boas vendas neste sábado (18) e espera mais: acho que vai ser melhor ainda no domingo.

 

O Carnaval oficial do Distrito Federal recebeu cerca de R$ 12 milhões de investimento – sendo R$ 5 milhões de recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) e R$ 2,8 milhões de emendas parlamentares. Espera-se que mais de 1,5 milhão de pessoas aproveitem a folia e participem de algum dos mais de 100 blocos autorizados a circular em diversas regiões administrativas.

 

Quintal Carnavalesco diverte foliões de todas as idades no Cruzeiro

Mapa do site Dúvidas frequentes